Escolas municipais de Blumenau (SC) e Paranaguá (PR) realizam atividades de educação nutricional em sala de aula

Além de orientar para hábitos mais saudáveis de alimentação, atividades buscam melhorar o desempenho escolar dos alunos da rede pública

Inserir na grade curricular dos alunos atividades de educação nutricional não só busca incentivar a criançada para hábitos mais saudáveis de alimentação como também tem como objetivo melhorar o desempenho deles em sala de aula. Afinal de contas, quando estão bem orientados e informados sobre os benefícios dos alimentos, fica mais fácil de colocá-los no prato para o consumo. E, quanto mais saudável forem as refeições, melhor o seu desenvolvimento.

É por isso que as escolas municipais da rede pública de Blumenau (SC) e Paranaguá (PR) iniciaram dia primeiro de março um extenso cronograma de atividades, que segue até o mês de setembro. Em parceria com o Grupo Risotolândia - que fornece alimentação escolar para as unidades - serão realizadas diferentes atividades para a garotada.

Aprendendo com os Super Amigos

Este será o tema das atividades que os alunos das creches (Pré I, II e III) estarão envolvidos durante o ano. As nutricionistas da Risotolândia desenvolveram 4 bonecos, sendo que cada um deles representa um nutriente: carboidratos, proteínas, vitaminas e gorduras. Com isso, pretendem mostrar às crianças grupos alimentares e a importância do consumo consciente de cada um deles.

“É uma metodologia divertida e curiosa para que as crianças entendam o que é cada tipo de alimento, suas vantagens para a nossa saúde e também os malefícios que alguns alimentos podem nos trazer. Sabemos que ao escolher, entre uma fruta e uma bolacha, por exemplo, as crianças costumam preferir as bolachas. Mas com a informação estes hábitos comprovadamente mudam”, diz a nutricionista do Grupo Risotolândia, Larissa Schlupp.

Saberes e Sabores com suas cores

Para os alunos do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental, a atividade terá como foco as cores dos alimentos e o significado para nossa saúde. Afinal de contas, sempre ouvimos: quanto mais colorido for o prato, mais saudável ele é. Além disso, os estudantes também vão aprender sobre os perigos do consumo excessivo de alimentos não saudáveis. “A atividade será bastante interativa, pois os alunos poderão inserir perguntas em um banner que ficará à disposição e participar de uma atividade “verdadeiro ou falso” sobre o que aprenderam em sala de aula. Isso estimula a curiosidade, promove o aprendizado e a mudança de hábitos alimentares”, acrescenta Larissa.

Mudanças positivas

Com essas atividades, o Grupo Risotolândia, em parceria com as escolas, espera que as crianças desenvolvam hábitos mais saudáveis de alimentação para garantir mais saúde, qualidade de vida e melhor aproveitamento escolar.

“Nós como fornecedores das refeições dessas crianças dentro da escola entendemos que não basta apenas oferecer a eles alimentos equilibrados, precisamos informar sobre o benefício de cada grupo alimentar para que, por vontade própria, elas coloquem estes alimentos saudáveis na sua rotina - não só na escola, mas também em casa. É sim um grande desafio, mas a informação e a metodologia, de acordo com a faixa etária, são fundamentais para os resultados positivos que já conquistamos em anos anteriores”, diz o diretor superintendente do Grupo Risotolândia, Carlos Humberto de Souza.

Write here...