Dietas especiais nas escolas

Um dos principais benefícios é poder ofertar aos alunos uma alimentação segura, saudável e balanceada, seguindo critérios nutricionais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

A profissionalização da alimentação escolar é uma tendência que vem ganhando força no Brasil. Por meio de projetos completos e bem elaborados, essa nova prática tem trazido vantagens substanciais no aumento da qualidade das merendas escolares e na redução de custos para o setor público. Entre os benefícios da terceirização estão a elaboração de cardápios balanceados, entre eles cardápios especiais, adaptados para crianças portadoras de restrições alimentares ou outras doenças. Com a terceirização, as escolas conseguem também implantar programas de educação alimentar que contribuem para a formação de hábitos saudáveis entre seus alunos.

Este sistema de gerenciamento da merenda escolar tem tido adesão crescente, substituindo o chamado modelo de autogestão, onde as próprias escolas são as responsáveis pelas refeições das crianças. É por meio da autogestão que, há mais de 20 anos, o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) é operacionalizado pelos estados e municípios. No entanto, esta prática vem sendo gradativamente substituída por apresentar uma série de dificuldades aos gestores públicos, principalmente em relação a qualidade, custo, mão de obra e manutenção do serviço da merenda.

Transferindo responsabilidade da alimentação para empresas especializadas, as escolas conseguem atuar com mais efetividade na área do ensino. Terceirizar o serviço resulta ainda na otimização de recursos, maior agilidade nas tomadas de decisão e aquisição de gêneros, contratação de recursos humanos e capacitação de pessoal, manutenção da estrutura física das cozinhas e equipamentos, crianças mais saudáveis e bem alimentadas. O município/estado fica responsável apenas pelo monitoramento do serviço.

A terceirização também representa mais de 20% de economia para estados e cidades contratantes do serviço quando comparada com o modelo de autogestão. O sistema simplifica a estrutura e a diversidade de contratações, elimina o excesso de processos licitatórios e pregões, reduz custos públicos como compra e manutenção de veículos, mão de obra, utensílios, extingue a necessidade de contratação de funcionários e garante a conservação de alimentos, evitando a falta ou a sobra dos mesmos.

Cardápios Especiais

Todos os cardápios terceirizados devem ser elaborados e supervisionados por uma equipe de nutricionistas, além de seguir os critérios recomendados pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educaçãoe PNAE. A terceirização proporciona a padronização de receitas e variedade de preparações, de acordo com a cultura regional. Além disso, a supervisão de nutricionistas nas escolas em que o serviço é terceirizado oferece controle total das refeições servidas.

Uma das preocupações que a escola não deve deixar de lado na hora de terceirizar o serviço da merenda escolar é buscar empresas que possam oferecer também dietas individuais. No Sul do país, a Risotolândia Serviços Inteligentes de Alimentação – com mais de 550 mil refeições e 450 mil alunos atendidos por dia - já trabalha com este pré-requisito em muitas escolas do Paraná e Santa Catarina, oferecendo este serviço diferenciado. Além do cardápio para as crianças que não possuem restrições alimentares, a empresa atende alunos que necessitam de uma dieta 100% personalizada, seguindo orientações médicas. E o mais interessante é que estas dietas são muito semelhantes a dos demais alunos. Na maioria das vezes, é servida a mesma receita, apenas com ingredientes alternativos.

No cardápio da Risotolândia existe uma grande variedade de frutas e lanches integrais, as crianças são orientadas sobre os benefícios destes alimentos e passam a consumi-los com mais vontade. De acordo com a empresa, atualmente mais de 530 crianças recebem diariamente as dietas especiais, sendo a mais frequente a para intolerância a lactose. Além dela, a empresa também prepara dietas vegetarianas, sem cacau, refeições para celíacos e anêmicos, dietas totalmente diet, dietas para quem sofre de diabetes e alergias múltiplas, além de dietas hipocalóricas, para hipertensão, hipolipídicas, para esofagite, colesterol, entre outros.

“Ao preparar uma dieta especial, além de seguir rigorosamente o cardápio que é enviado pela Secretaria Municipal de Educação de cada cidade, é fundamental que elas sejam feitas totalmente separadas dos outros atendimentos. Algumas patologias são extremamente graves e pequenos traços de alergênicos podem comprometer seriamente a saúde da criança”, diz Gisele Pavesi, Gerente da Risotolândia.

Por isso, segundo ela, a empresa tem uma equipe, utensílios e área exclusivos para evitar contaminação cruzada. A empresa investe ainda em treinamentos constantes para os colaboradores, motoristas e atendentes escolares envolvidos no processo produtivo.